Municípios

 
BALNEÁRIO GAIVOTA







O território onde hoje está localizado Balneário Gaivota teve como primeiros habitantes os índios Carijós. Estes, por sua vez, por apresentarem naturezas dóceis, sempre tiveram um bom relacionamento com os visitantes que pisaram às terras de Sombrio por volta de 1534, oriundos de Buenos Aires, que era, até então, colônia Espanhola (PMBG, 2009). Posteriormente, colonizadores portugueses começaram a chegar à região e em 1830, adquiriram as chamadas 'sesmarias', iniciando então a colonização. Desde então, o inicio do desenvolvimento da região e o natural aproveitamento da área litorânea, com a exploração da pesca e do lazer. Com a intensificação destas atividades, a ocupação do litoral foi muito grande, provocando em 30 de agosto de 1990, a promulgação da lei nº 770, que criou o distrito de Balneário Gaivota. Depois deste ato, cresceu a mobilização da população local interessada na emancipação do então distrito de Sombrio. Este movimento culminou com a criação da Comissão de Emancipação de Balneário Gaivota.

Cumprindo todos os passos determinados pela legislação vigente, tal comissão viu coroada de êxito sua iniciativa e esforços, quando em 29 de dezembro de 1995, o governador do estado de Santa Catarina sancionou a lei nº 10.054, criando o município de Balneário Gaivota, onde seu primeiro prefeito foi Everaldo João Ferreira, eleito em 03 de outubro de 1996. No mesmo ano, o censo realizado pelo IBGE constatou uma população de 4.344 habitantes no município. Atualmente, estima-se que este número já tenha ultrapassado os 8.300. Na temporada de veraneio, estima-se que a população chega a ser em média de 35.000 pessoas.
Emancipada de Sombrio em 1995, Balneário Gaivota é um Balneário com preservação ambiental, mantendo a origem na orla marítima e nas margens das lagoas. Composta por várias praias interligadas, em sua maioria com infra-estrutura e muitas lagoas. Sua planície remanescente da mata atlântica e restinga, abrigando figueiras centenárias. A cidade é muito procurada, por veranistas, principalmente vindos do Rio Grande do Sul e dos Municípios vizinhos. Cada praia tem locais específicos para banho, surf, pesca, garantindo o sossego e a segurança de todos. Ao norte a praia Lagoinha distante 6 km do centro e ao sul com Areias Claras, distante 3 km, com moradias e infra-estrutura básica. Ao norte as praias Lagoa Cortada, Village Dunas, Santa Fé, Turimar, ao sul as praias Jardim Ultramar, Sulmar e Guarajuba. No centro da sede temos Praia das Gaivotas, Itapuã, Santa Rita de Cássia.

 
Lagoa Cortada
A Lagoa Cortada, é um local agradável para passar o fim de semana. Local com rara beleza, com água e areia limpas, própria para banho, para acampar e para pescar. Possui infra-estrutura mínima com banheiros, restaurante churrasqueiras. Muito bom para fazer caminhadas, ficando distante 4 km da sede do município. Possui salva-vidas durante o verão.
 
Lagoa da Terneira
Acesso: asfáltico. Distancia do centro da cidade- 2 km. Nesta lagoa é feito captação de água para abastecimento da cidade pela SAMAE.

Localização
As margens da Rod. SC 485, José Tiscoski

 
Lagoa de Sombrio

Situa-se entre os cinco municípios do estremo sul catarinense( Sombrio, Bal. Gaivota, Santa Rosa do Sul, São João do Sul Passo de Torres), margeando a BR l0l. À margem esquerda, a 7 km da foz do rio Mampituba, acha-se o sangradouro da lagoa do Sombrio, numa largura de 13,70 e uma profundidade de 3,70 metros. A sua profundidade varia de 2,80 m a 3,00 m e o seu perímetro é de 30 km. A lagoa de Sombrio é a maior lagoa do Estado, com a extensão de 16.368 metros de comprimento por 5 km de largura, na sua parte mais larga. Seu perímetro é de 54 km² e a profundidade máxima de 3 metros. É muito piscosa e suas matas marginais possuem uma grande variedade de orquidáceas. A lagoa de Sombrio encontra-se assoreada e poluída e sua flora e fauna em processo de transformação e desaparecimento. As matas estão devastadas, o solo degradado, os rios poluídos e com volume reduzido de água sem condições de abrigar a flora e fauna que um dia fazia parte deste ecossistema.

Localização
À margem esquerda, a 7 km da foz do rio Mampituba

 
Lagoa do Caverá
Descrição: A lagoa do Caverá, Cáa-berá na língua indígena, significa “folha brilhante” e está interposta entre a lagoa da Serra e a de Sombrio. Possui 9 km de comprimento por 4 de largura. Comunica-se com a lagoa da Serra pelo sangrador do Fundo Grande e com a lagoa de Sombrio pelo rio ou sangrador do Caverá.Própria para pesca.

Localização
Localização: Divisa com Balneário Gaivota com Arroio do Silva e Sombrio. Acesso: principalmente pela BR 101, entre Sombrio e Sanga da Toca.
 
Lagoa do Rodeio
Descrição: Lagoa pouco extensa, bastante profunda, com possibilidade de banho. Não possui nenhum a infra - estrutura turística, porém oferece todas as condições necessárias para isto.

Localização
Localização. Destro do parque do rodeio - crioulo.pertencente ao CTG Sul Catarinense. Acesso. Parte asfalto, parte chão, em boas condições. Distância do centro da cidade: 5 km, 4 km de asfalto, 1 km de chão.
 
Orla Marítima
Balneário Gaivota possui uma Orla maritima com 23 km de extensão com dunas preservadas e áreas determinadas para banho, pesca, surf. Sua área total é de 148 km².
 
Pesque e Pague do Vilmar

Localizado na Estrada Geral Anita Garibaldi,conta com açudes para a prática da pesca esportiva.É muito visitado no verão por possuir piscinas,além de ser um local onde as pessoas estão em contato com a natureza.


Sua especialidade é o peixe frito,que é pescado ali mesmo e preparado pelos proprietários do estabelecimento.

 
Pesque e Pague Recanto dos Cordeiros

Localizado no bairro Figueirinha,atraí moradores de toda região,onde podem estar em contato com a natureza praticando a pesca esportiva.O local conta ainda com churrasqueira própia e lancheria.


Aos finais de semanas é muito utilizado para eventos.

Copyright © Caminho dos Canyons - Todos os direitos reservados
Telefone: (48) 3521-8000 - E-mail: turismo@caminhodoscanyons.tur.br

Desenvolvido por:
Zaib Tecnologia